O voluntário do Observatório Social de Porto Alegre, o Adm. Alvaro Arnaldo Artico discutiu o tema “Franquia Social para a melhoria da Gestão Pública” no primeiro CRA Recebe de 2016, que ocorreu na última segunda-feira (25/01). O Administrador trouxe ao conhecimento dos participantes dados do Observatório Social, um espaço apartidário que tem como objetivo reunir o maior número possível de entidades representativas da sociedade civil para contribuir para a melhoria da gestão pública. “Nós nos organizamos com a pretensão de representar cidadãos de bem e agir de forma civilizada no combate da corrupção da gestão pública, pois sem respaldo não se consegue nada”, destacou.

O Observatório Social surgiu há oito anos na cidade de Maringá, no Paraná e conta com 105 unidades municipais em 19 estados brasileiros. No Rio Grande do Sul ele já está inserido em oito cidades, e, só em Porto Alegre, a iniciativa evitou que R$ 13,4 milhões fossem para a mão de corruptores. Artico destaca que o grupo trabalha em favor da transparência e da qualidade na aplicação de recursos públicos. “É preciso agir, indignação sem ação não adianta”, enalteceu. O Administrador complementa que o Rio Grande do Sul será o primeiro estado brasileiro a ter um observatório estadual, além do observatório social de Porto Alegre. No Estadual vamos trabalhar na área da saúde, analisando os indicadores para avaliar a eficiência do atendimento neste setor”, explicou.

Para saber mais sobre esse projeto, acesse o site do Observatório Social do Brasil ou assista o Hino do Observatório Social. O CRA Recebe acontece mensalmente, trazendo sempre um assunto de relevância aos profissionais. Para assistir o evento na íntegra clique aqui.